MFL 2018 - Clique aqui para conferir!


A saída da fábrica Cione Inédito* Selecionado


A porta da fábrica é um espaço de coreografia específica dos trabalhadores, espaço de fronteira, de devir, de ruptura onde explodem contingência e liberdade. Lugar de transição e controle. Essa liberdade sublimada recai elipticamente numa constante dessublimação repressiva, suave, total. O movimento não realiza a liberdade. Uma condição de movimento, de passagem. Um limiar que se faz através de uma tensa coreografia de controle dos corpos.
Direção: Virgínia Pinho
Duração: 8min
UF/Ano: CE/2015
Classificação Indicativa: Livre
Equipe: Pesquisa e Direção: Virgínia Pinho Fotografia: Leandro Gomes Assistência: Vinícius Alves Som direto: Paulo Victor Soares Produção de set: Renata Cavalcante Montagem e site: Mariana Nunes

Contato: Virgínia Paula Pinho Freitas - virginiapaulapinho@gmail.com

PROGRAMAÇÃO


(informações fornecidas pelos filmes no ato da inscrição online)