MFL 2016 - Clique aqui para conferir!

PÚBLICO

CINECLUBES E MOSTRA DO FILME LIVRE UMA HISTÓRIA DA PARCERIA QUE DEU CERTO, DE NOVO!

A Mostra do Filme Livre encerrou em setembro a ação Cineclubes Livres, que exibiu filmes da sua 14ª edição para 22 estados brasileiros. Batendo recorde de cineclubes (70), cidades participantes (60), sessões realizadas (81) e de público (2643 pessoas) da Mostra. É a nova cadeia do audiovisual com produção, distribuição e exibição, conectados pela internet, formando novos públicos para um geração de realizadores que participam da MFL.

Receber filmes, programar sessões, divulgar inscrições de cineclubes, selecionar cineclubes, testar os filmes, fazer os DVDs, enviar os filmes, divulgar as sessões, cobrar o relatório, ler e tirar as dúvidas com os cineclubes sobre os relatórios, tentar entrar em contato com quem não respondeu o relatório, reunir esses dados, sistematizar eles e divulgar gratuitamente na internet é mais do que um grande trabalho, é uma atitude política em relação ao cinema brasileiro.

Vivemos em uma realidade de leis de incentivo e grande investimento estatal na produção de longas metragens de ficção voltados as salas de cinema que não refletem a pluralidade de olhares dos cineastas brasileiros participantes da MFL. Ao escolhermos dar visibilidade a esses filmes livres, que não contam com recursos estatais expressivos, e distribuir eles para Cineclubes, que não são prioridade para o trabalho da Agência Nacional do Cinema (ANCINE), estamos lutando para mostrar ao público, cineastas, exibidores, distribuidores e ao Estado; a força do cinema brasileiro sem vocação comercial.

Estamos atrás de quem gosta e quer ver filmes brasileiros. Cineclubes Livres é a ação que criamos para chegar a essas pessoas apaixonadas pelo cinema nacional: os cineclubistas. Que de tão apaixonados, são capazes de contagiar outras pessoas: o seu público.

Em setembro de 2015 foi encerrada a distribuição de filmes da 14ª Mostra do Filme Livre para Cineclubes de todo o Brasil, através da ação Cineclubes Livres. Ao todo foram 100 Cineclubes que receberam pelo correio e pela internet uma das três sessões oferecidas pela Mostra e se comprometeram a realizar uma sessão entre os meses de Julho e Agosto de 2015.

Dos 100 cineclubes participantes, 70 fizeram ao menos uma sessão da Mostra do Filme Livre e 30 não conseguiram realizar a Mostra. Desses 30 apenas apenas um parou de responder emails após sua inscrição, deixando nossa equipe sem informações sobre o paradeiro desse Cineclube. 12 cineclubes receberam e programaram suas sessões, mas não respoderam nossos contatos para confirmar se houve ou não a exibição e 17 cineclubes enviaram a nossa equipe uma justificativa sobre o por que de não realizar a sessão. A greve das universidades públicas brasileiras interferiu diretamente na não realização de grande parte dessas sessões que enviaram justificativa.

Mesmo assim é de se comemorar que 70% dos inscritos realizaram a MFL! Foram 70 cineclubes de 60 cidades diferentes que realizaram ao menos uma sessão da Mostra do Filme Livre. Dois destaques ficam para o Cine Usina de Sonhos de Itaúna/MG e o Cine Ó de Belo Horizonte/MG que realizaram três exibições da mesma sessão da Mostra. Além deles outros cineclubes realizaram também mais de uma exibição, totalizando em 81 sessões realizadas para um público de 2643 pessoas.

Esses Cineclubes estão espalhados por 22 estados brasileiros. Os destaques ficam para os estados do Ceará e Rio de Janeiro. O estado do Ceará conseguiu o maior público da Mostra com um total de 437 pessoas. O estado do Rio de Janeiro foi quem mais realizou sessões: 14 no total. A cidade que mais exibiu a MFL foi a capital Rio de Janeiro com 5 sessões realizadas, seguida pelas cidades de Belo Horizonte/MG, Fortaleza/CE e Itaúna/MG que realizaram 3 sessões cada. A maioria dos cineclubes que participaram estão nos interiores desse país continental, das 60 cidades que fizeram sessões, 48 cidades são do interior e 12 cidades são capitais.

A sessão com o maior número de pessoas presentes foi em Carpina/PE no Cineclube Tá Vendo, tu? com 126 pessoas presentes, a mais vazia foi em Salvador/BA no Museu Eugênio Teixeira Leal com zero espectadores. O cineclube com maior número de público foi o Cine Poty em Cratéus/CE, que em duas sessões conseguiu levar 176 pessoas ao universo dos filmes livres.

Três sessões foram escolhidas pela curadoria da Mostra e foram oferecidas aos Cineclubes: Sessão Curtas Premiados, Sessão Curtas Livres e Sessão Homenagem a Maurice Capovilla. Essas sessões foram compostas por 15 filmes, sendo 11 curtas, 3 médias e 1 longa metragem. Confira abaixo os nomes dos filmes e os números de espectadores, cidades, estados e quantidade de sessões atingidos por cada filme.

SESSÃO CURTAS PREMIADOS
Filmes: Pequeno objeto A (Daniel Abib, 2014, 15min, RJ), Vailamideus (Ticiana Augusto Lima, 2014, 8min, CE), Time gap (Cláudia Cárdenas & Rafael Schlichting, 2014, 11min, SC), E (Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti & Miguel Antunes Ramo, 2013, 17min, SP), De profundis (Isabela Cribari, 2014, 21min, PE), Vistos em volta (Thiago Zamprogno, 2014, 10min, RJ).
Público total: 1168 pessoas
Quantas cidades exibiram essa sessão: 30
Quantos estados exibiram essa sessão: 17
Quantas sessões foram realizadas: 36

SESSÃO CURTAS LIVRES
Filmes: Efeito Casimiro (Clarice Saliby, 2013, 15min, RJ), Tigre (João Borges, 2013, 15min, MG), Carros carros carros (Fernanda Almeida, 2014, 1min, RJ), O que se memora (Caio Dornelas & Ernesto Rodrigues, 2014, 10min, PE), O Babado da Toinha (Julia Aguiar, André de Oliveira & Cauê Rocha, 2014, 3min, BA), Ela (Nivaldo Vasconcelos, 2014, 8min, AL), Achados e perdidos (Camila Lamha, Guilherme Ferraz & Luisa Mello, 2014, 6min, RJ), Geru (Fábio Baldo & Tico Dias, 2014, 23min, SP).
Público total: 1286 pessoas
Quantas cidades exibiram essa sessão: 26
Quantos estados exibiram essa sessão: 14
Quantas sessões foram realizadas: 33

SESSÃO HOMENAGEM A MAURICE CAPOVILLA
Filme: O profeta da fome (Maurice Capovilla, 1970, 93min, SP)
Público total: 189
Quantas cidades exibiram essa sessão: 12
Quantos estados exibiram essa sessão: 10
Quantas sessões foram realizadas: 12

As informações completas com o nome de cada cineclube, cidade, estado e público podem ser vistos na íntegra na página de cada filme no site da Mostra do Filme Livre. Todas essas informações foram recebidas graças ao esforço dos cineclubes que após realizarem a sessão preencheram o RELATÓRIO.

As sessões aconteceram nos mais diferentes espaços. Foram realizadas sessões em escolas, SESC, centros culturais, espaços culturais, casas de cultura, pontos de cultura, universidades, associações, praças, ruas, hostels, cine-teatro, salas de cineclubes, atelier, livraria, teatros, bares, institutos federais, anfiteatros, salas de vídeo, hospitais e até um museu.

A grande maioria das sessões foram seguidas de debate. Uma parcela das sessões programou, além da exibição de filmes, outras atividades culturais. Como por exemplo festas, exibições de outros filmes, palestras, oficinas, pesquisa, apresentações musicais, contação de história, sarau, reuniões com coletivos, exposições de artes visuais, apresentações de dança e intervenções poéticas.

Algumas sessões tiveram grande público, outras tiveram poucas pessoas, algumas contaram com equipamentos de projeção e som mais modernos em salas com melhor estrutura para projeção, outros improvisaram telas e conseguiram reproduzir o filme com equipamentos emprestados. Os cineclubes são diversos, a organização de suas equipes também. Tem cineclube que é realizado por um grupo de pessoas e tem cineclube que é realizado por uma pessoa sozinha. Cada um tem uma história diferente para contar, criando essa diversidade de formas de exibir filmes e permitindo o acesso de pessoas que não frequentam as salas tradicionais ao cinema brasileiro. Expandindo o papel do cinema para além da circulação de filmes, atuando enquanto uma ferramenta capaz de formar novas consciências.

CLIQUE AQUI E CONFIRMA AS FOTOS E CARTAZES DAS SESSÕES REALIZADAS.


CLIQUE AQUI E CONFIRA NA ÍNTEGRA OS RELATÓRIOS PREENCHIDOS PELOS CINECLUBES PARTICIPANTES DESSA MOSTRA DO FILME LIVRE.


Para finalizar, vamos listar os 70 cineclubes que fizeram essa história acontecer e merecem todo nosso respeito e admiração:

NOME DO CINECLUBE - CIDADE/UF

Cine Alto do Moura - Caruaru/ PE

Cine Aratanha - Pacatuba/CE

CINE ARTÊ - CHAPADA DOS GUIMARÃES/MT

Cine Boró - Associação Filhos e Amigos de Icó (AMICÓ) - Icó/CE

Cine Budega - FORTALEZA/CE

Cine Canelão em Ação! - Itaperuçu/PR

Cine Club Arte e Cultura - São Raimundo Nonato/PI

CINE CLUBE ARUANDA - Condado/PB

Cine Clube Babitonga - São Francisco do Sul/SC

Cine Clube O Marisco - Cidreira/RS

Cine Eldorado - Diadema/SP

Cine Emancipa - São Carlos/SP

Cine Massa - Candeias do Jamari/RO

Cine Molotov - Fortaleza/CE

Cine Ó - Belo Horizonte/MG

Cine Periferia Criativa - Ceilândia/DF

CINE POTY - CRATEÚS/CE

Cine REPROTAI - Salvador/BA

Cine Sociais - Maringá/UF

Cine Teatro Culturarte - Alcantara/MA

Cine Usina de Sonhos - Itaúna/MG

Cine-Teatro Vila Rica de Ouro Preto/UFOP - Ouro Preto / MG

Cineclube ACME - PORTO VELHO/RO

CINECLUBE ALEXANDRIA - ALEXANDRIA/RN

Cineclube Araucária - Campos do Jordão/SP

Cineclube Avalovara - Vitória de Santo Antão/PE

Cineclube Bordel Sem Paredes - Juiz de Fora/MG

Cineclube Canoa - Manaus/AM

Cineclube Casarão - Cachoeiras de Macacu/RJ

Cineclube Cine Nikiti / Núcleo de Produçao Digital de Niterói - Niterói/RJ

Cineclube do Atelier Flora Violleta Artes - Livramento/BA

Cineclube fora Do Eixo - Boa Vista/RR

Cine ABDeC/RR - Boa Vista/RR

Cineclube Lumiar - Nova Friburgo/RJ

Cineclube Maria Sena - Caratinga/MG

Cineclube Metropolis - Vitória/ES

Cineclube Mocamba - Uruçuca/BA

Cineclube PPGMC - Niteroi/RJ

Cineclube Presença - Florianópolis/SC

Cineclube Professor Assuramaya - Bom Jardim - RJ

Cineclube Tá vendo, tu? - Carpina/PE

CineClube Tia Nilda - Rio de Janeiro / RJ

Cineclube Xícara da Silva - Anápolis/GO

CineCubo - Pouso Alegre/MG

Cinema clube Teresina de Aguinha - Granito/PE

Cinema: experimentar, conhecer, realizar - Cabo Frio/RJ

Cinema360° - Petrópolis/RJ

Cinemão no escadão - São Paulo/SP

CineOca, cineclube de Rondônia - Porto Velho/RO

Cinepreciosidade (projeto do Cineclube Casa de Cultura Cássia Afonso de Almeida) - Mateus Leme/MG

Cinestesia - Volta Redonda/RJ

Clube de Cinema - Macapá/AP

DIFUSÃO CINECLUBE ITAPETINGA - ITAPETINGA/BA

Edith Cultura - Bragança Paulista/SP

Espaço de Cultura Bela Vista - São Paulo/SP

Extintor Coletivo - Vitória/ES

IFTO COLINAS DO TO - COLINAS DO TOCANTINS/TO

Museu Eugênio Teixeira Leal - Salvador/BA

ParaTodos - São José dos Campos/SP

Pingado Cineclube - Rio de Janeiro/RJ

Ponto de Cultura aos Pés do Santa Marta, Cine Atitude - RIO DE JANEIRO/RJ

Ponto de Cultura EDUCART - PEDRO II/PI

PONTO DE CULTURA IAFRO - Barra do Bugres/MT

Ponto de Cultura Negro Uai - Paracatu/MG

Ramal Cineclube - RIO DE JANEIRO/RJ

Roland Henze - Rio das Ostras/RJ

Sessões do udigrudi - Campinas/SP

Tintin Cineclube - João Pessoa/PB

Viva Vida - Miguel Alves/PI

Zero Quatro Cineclube - Pelotas - RS


Até a próxima!




Mostra do Filme Livre 2015 | Desenvolvimento: Rivello/Menta