FILMEs SELECIONADOS MFL 2013

Confira os curtas, médias e longas selecionados para a MFL 2013, que começa em 5 de março no CCBB Rio e vai até 26 de maio, passando pelos CCBBs de São Paulo e de Brasília. PREMIADO INÉDITO
(informações fornecidas pelos filmes no ato da inscrição online)

DJINN

SELECIONADO
DJINN foi feito no Rio de Janeiro, Brasil e em Nova York, USA. A ideia era criar um tipo diferente de adaptação do livro, usando o primeiro capítulo de "Djinn", de Alain Robbe-Grillet como referência. Usei a técnica de "table-top" para mostrar a imagem em um conceito diferente de tempo. Eu também usei repetição e edição sem regras, para tentar destruir a narrativa. Na verdade, não acontece nada e não há nenhuma história, apenas ações falsas. Este projeto é uma homenagem a Alain Robbe-Grillet e ao e ao filósofo brasileiro Claudio Ulpiano.

PROGRAMAÇÃO

  • Dia 08-03-2013 (Sexta-feira)
  •    14:00 - CAB 2 (CCJF - Cinema /RJ)
  • Dia 18-04-2013 (Quinta-feira)
  •    13:00 - CAB 2 (CCBB Auditorio /SP)
  • Dia 03-05-2013 (Sexta-feira)
  •    13:00 - CAB 2 (CCBB Auditorio /SP)
  • Dia 08-05-2013 (Quarta-feira)
  •    13:00 - CAB 2 (CCBB - Galeria 3 /DF)
  • Dia 22-05-2013 (Quarta-feira)
  •    13:00 - CAB 2 (CCBB - Galeria 3 /DF)

Texto Premiação


Djinn nos lança em uma cidade imaginária a refletir sombras, e passamos o filme sem saber mesmo o que, como, onde, por quem, ou qualquer dessas trivialidades mundanas que tesam espectadores quando em uma sala escura de olhos abertos. Seu encanto reside justamente nessa ausência de centro, não muito diferente de se perder por labirintos de uma metrópole desconhecida. Essa não narrativa fragmentária se revela também através de uma cama sonora intensa, por vezes angustiante, em outras ocasiões irônica, como quem sente prazer em deixar o espectador quase sentir o gostinho doce do entendimento para então, de repente, mostrar o vazio, a ausência, as costas da mulher que não sabemos e nunca saberemos quem foi, porque nada de costas e prefere assim mesmo, enigmática. Extremamente sensorial, estranhamente dialético em sua composição imagem/som e autodestrutivo, como um poema com uma bomba na mão pronto para deixar de sê-lo. (Gabriel Sanna)

Diretor: Eliane Lima
Duração: 15min
UF/Ano: RJ/2008
Roteiro: ADAPTACAO DO LIVRO DJINN DE ALLAIN ROBBE-GRILLET
Produção Executiva: ELIANE LIMA - ESQUIZOFILMIA
Direção de Produção: ELIANE LIMA
Fotografia: ELIANE LIMA, GISELE CAMARGO E FREDERICO CARVALHO
Câmera: ELIANE LIMA, GISELE CAMARGO E FREDERICO CARVALHO
Arte: ELIANE LIMA, GISELE CAMARGO E FREDERICO CARVALHO
Som: NAO HA
Edição: ELIANE LIMA - ESQUIZOFILMIA
Elenco: PAULO TIEFENTHALER E ERIKA SANCHEZ
Contato: ELIANE LIMA - elima.cinema@gmail.com
   
   



 




2002 - 2013 MFL | Mostra do Filme Livre | Tecnologia Rivello/Menta | Produção WSET Multimídia